Oasys Cultural
Pesquisa sem resultado

DESTAQUES

Dez anos de produção e vendas do mercado editorial brasileiro

25 de agosto de 2016

Dez anos de produção e vendas do mercado editorial brasileiro

Oasys compareceu ao lançamento da série histórica – 2006 a 2016 – do estudo sobre o setor editorial brasileiro, a convite do Sindicato Nacional dos Editores de Livros e da Câmara Brasileira do Livro (Snel). O evento ocorreu na sede do Snel, no centro do Rio de Janeiro, e foi apresentado por Marcos Pereira – dono da editora Sextante e presidente do Snel – e pela professora Leda Paulani, que coordena a pesquisa através da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, da USP. Preparamos um breve resumo com tópicos que chamaram mais atenção.

VEJA MAIS
O passado antes do fim

10 de agosto de 2016

O passado antes do fim

Com orgulho a Oasys Cultural apresenta o romance Liturgia do fim, da escritora paraibana Marília Arnaud, nossa cliente de agenciamento literário. O livro acaba de ser publicado pela Editora Tordesilhas e tem noite de autógrafos dia 12 de agosto em João Pessoa, Paraíba. Liturgia do fim é o segundo romance de Marília e conta a história de um homem que retorna a sua cidade natal para um acerto de contas com o pai. Leia a entrevista com a autora.

VEJA MAIS
Detetive olímpico e incorrigível

22 de julho de 2016

Detetive olímpico e incorrigível

O detetive Andrade, personagem de Fernando Perdigão, é convidado a trabalhar em Olimpíadas fictícias no Rio de Janeiro. Ele desconfia de uma série de crimes contra atletas estrangeiros e passa a investigar as ocorrências contrariando a vontade de seus superiores, chegando a um desfecho imprevisível e cômico. “Investigação Olímpica: Mais um caso ordinário do detetive Andrade”, é o segundo livro do autor e mostra com o protagonista em sua melhor forma, criticando, fazendo observações e piadas inconvenientes sobre tudo e todos.

VEJA MAIS
Múltiplas formas de amar

13 de julho de 2016

Múltiplas formas de amar

Relacionamentos amorosos – vários, em diferentes formatos e encaixes – são o tema central do livro de contos Um amor, de William Soares dos Santos, autor também do volume de poesias rarefeito (Ibis Libris, 2015). O Rio de Janeiro, mais que cenário, é protagonista dessas histórias, proporcionando sensações e reflexões à luz da sensibilidade do autor. Muitas referências pontuam a obra: músicas, filmes, personagens e, principalmente, fotografias em preto e branco tiradas pelo próprio escritor.

VEJA MAIS
1

SOBRE A OASYS

Stella Maris
“Oasys Cultural é um primor de trabalho ético, afetuoso, competente, pleno de dignidade e esperança. “O pessimista é um chato. O otimista é um tolo. Prefiro ser um realista esperançoso”, dizia Ariano Suassuna. Essas palavras se afinam com o trabalho de Valéria Martins e Carolina Drago, duas grandes mulheres realistas esperançosas. Vida longa e bela!” Stella Maris Rezende,
escritora vencedora do Jabuti Livro do Ano Ficção 2012
Rafael Sperling
“O trabalho com Valéria Martins foi essencial para a divulgação dos meus livros na mídia e no meio literário. Certamente, um trabalho muito bem feito e atencioso, ideal para um jovem autor começando a dar os primeiros passos.” Rafael Sperling,
autor de Festa na usina nuclear e Um homem burro morreu
Guille Thomazi
“O trabalho da Oasys traz a marca da sutileza e da credibilidade na inserção de um livro ou autor no mercado. Fala baixo e se faz ouvir, sussurra e reverbera. A docilidade destas meninas é o precioso verniz da competência.” Guille Thomazi,
autor de Gado novo
Marina Carvalho
“A Oasys Cultural proporcionou uma viagem muito mais longa à minha carreira de escritora. O trabalho da Valéria e equipe me abriu portas fundamentais, às quais, sozinha, eu jamais teria chegado. Sou fã dela!” Marina Carvalho,
autora dos best-sellers juvenis Simplesmente Ana e De repente, Ana
José Eduardo Agualusa
“Oasys Cultural tem-me ajudado a chegar a novos leitores, um pouco por todo o Brasil, mediando a minha participação em festivais, debates e outros eventos literários. É um trabalho invisível, aos olhos do público, mas fundamental para qualquer escritor. Muito obrigado à Valéria Martins.” José Eduardo Agualusa,
escritor angolano traduzido para mais de 20 idiomas
José Castello
“O trabalho de Valéria Martins e da Oasys Cultural não se limita a abrir portas. Ele leva a encontrar novos caminhos e novas companhias. Em um país imenso como o Brasil, eu me sinto menos solitário”. José Castello,
escritor e crítico literário no jornal O Globo
Reinaldo Casseta
“Admiro a dedicação da Oasys Cultural e sua equipe. É muito bom saber que tem gente ajudando o autor a encontrar pessoalmente seu leitor, onde ele estiver, nas feiras e festivais literários em todos os cantos do Brasil”. Reinaldo Casseta,
humorista e cartunista, autor de A arte de zoar e outros
Guilherme Fiuza
“Conheci boa parte do Brasil graças à parceria com a Oasys. Se existisse milhagem cultural, eu já estaria confirmado na Bienal da Lua (onde a Valéria Martins sem dúvida conheceria as pessoas certas).” Guilherme Fiuza,
escritor e jornalista, autor de Meu nome não é Johnny e outros
José Luiz Tahan
“Somos parceiros de longa data, e acima de tudo, confio em pessoas que movem a roda, dessa maneira é um conforto ter a Valéria Martins por perto. Trocamos figurinhas ano a ano para a programação do festival Tarrafa Literária, e só tenho elogios à dedicação e carinho com que ela e equipe cuidam dos autores e eventos.” José Luiz Tahan,
livreiro, editor e organizador do festival Tarrafa Literária em Santos
José Eduardo Gonçalves
“No circuito cada vez mais complexo dos eventos literários, o trabalho parceiro da Valéria e da Oasys no apoio à curadoria e agenciamento de autores nos dá a certeza de que, não importa o tamanho da encrenca, estaremos sempre ao lado de quem vai nos ajudar a fazer bem feito.” José Eduardo Gonçalves,
jornalista e curador do Ofício da Palavra em Belo Horizonte e da Festa Literária de S. João Del Rey
Daniela Ribeiro
“Destacamos o profissionalismo, a dedicação e a parceria da Oasys Cultural pelas indicações de nomes seletos de escritores nacionais e estrangeiros para a programação do nosso Festival Literário e Cultural e da nossa Feira do Livro.” Daniela Ribeiro,
coordenadora do Festival Literário e Cultural e da Feira do Livro de Caxias do Sul/RS