Oasys Cultural
Pesquisa sem resultado

DESTAQUES

Noite de Poesia no IPCN

23 de novembro de 2017

Noite de Poesia no IPCN

Venha bater um papo, fazer um brinde e celebrar os 40 anos do lançamento de “Vácuo e Paisagem” (Grupo Uni-verso), primeiro livro da poeta Amélia Alves, no Instituto de Pesquisa das Culturas Negras – ICPN. Sexta-feira, 24 de novembro, às 22h. Leituras de poesia pelo poeta Éle Semog. O IPCN fica na Av. Mem de Sá, 208, no Centro do Rio de Janeiro.

VEJA MAIS
Autoras da Oasys Cultural na Festa Literária de Paquetá

17 de novembro de 2017

Autoras da Oasys Cultural na Festa Literária de Paquetá

As escritoras Amélia Alves e Lara Braga, clientes da Oasys Cultural, estão na programação da Festa Literária de Paquetá (Flipa). As duas irão participar de um bate-papo no sábado, dia 18, 17h, na Varanda da Madame Sanz. Após a conversa, sessão de autógrafos com as poetas.

VEJA MAIS
Literatura da liberdade e independência

27 de outubro de 2017

Literatura da liberdade e independência

Yasmim é uma jovem criada em orfanato e se torna paraplégica por conta de um acidade de carro. Isso não impede que ela trabalhe, se apaixone e viva intensamente. “Rosas e chocolate” (Editora Chiado), da escritora Tatyana Zille, mineira de Belo Horizonte, cadeirante, não é uma obra de autoficção. O romance com toques de mistério também passa uma mensagem de perseverança – que é a sua maneira própria de encarar a vida.

VEJA MAIS
Roda de leitura em francês

25 de outubro de 2017

Roda de leitura em francês

Godofredo de Oliveira Neto acaba de lançar a 2ª edição de seu livro “Amores exilados” na França pela editora Envolume. Na roda de leitura da Aliança Francesa do Rio de Janeiro, os alunos serão convidados a ler trechos da edição francesa e, em seguida, haverá um bate papo com o autor. O evento acontece dia 25 de outubro, quarta-feira, 19hs, na Aliança Francesa, Rua Muniz Barreto, 730, com entrada franca. Amours exilées fala sobre um grupo de brasileiros exilados em Paris no período da ditadura militar. O livro foi elogiado pelo jornal Le Figaro.

VEJA MAIS
1

SOBRE A OASYS

Stella Maris
“Oasys Cultural é um primor de trabalho ético, afetuoso, competente, pleno de dignidade e esperança. Vida longa e bela!” Stella Maris Rezende,
escritora vencedora do Jabuti Livro do Ano Ficção 2012
Rafael Sperling
“O trabalho com Valéria Martins foi essencial para a divulgação dos meus livros na mídia e no meio literário. Certamente, um trabalho muito bem feito e atencioso, ideal para um jovem autor começando a dar os primeiros passos.” Rafael Sperling,
autor de Festa na usina nuclear e Um homem burro morreu
William Gordon
“I have known Valeria Martins for over 10 years, as long as I have been coming to Brazil. She has helped me a lot by connecting me in Brazil for speeches at book fairs. Those appearances have allowed me to know readers in Brazil which, otherwise, I would never have come in contact with. She is an intelligent and resourceful agent who has an expansive knowledge of the market and is such an asset to writers such as myself, that I can honestly say that without her, I would have much less contact with the readers in Brazil. She is also a caring and generous friend to the writers she represent.” William Gordon,
Escritor norte americano de romances policiais, autor de O mistério dos jarros chineses e outros
Marina Carvalho
“A Oasys Cultural proporcionou uma viagem muito mais longa à minha carreira de escritora. O trabalho da Valéria e equipe me abriu portas fundamentais, às quais, sozinha, eu jamais teria chegado. Sou fã dela!” Marina Carvalho,
autora dos best-sellers juvenis Simplesmente Ana e De repente, Ana
José Eduardo Agualusa
“Oasys Cultural tem-me ajudado a chegar a novos leitores, um pouco por todo o Brasil, mediando a minha participação em festivais, debates e outros eventos literários. É um trabalho invisível, aos olhos do público, mas fundamental para qualquer escritor. Muito obrigado à Valéria Martins.” José Eduardo Agualusa,
escritor angolano traduzido para mais de 20 idiomas
José Castello
“O trabalho de Valéria Martins e da Oasys Cultural não se limita a abrir portas. Ele leva a encontrar novos caminhos e novas companhias. Em um país imenso como o Brasil, eu me sinto menos solitário”. José Castello,
escritor e crítico literário no jornal O Globo
Reinaldo Casseta
“Admiro a dedicação da Oasys Cultural e sua equipe. É muito bom saber que tem gente ajudando o autor a encontrar pessoalmente seu leitor, onde ele estiver, nas feiras e festivais literários em todos os cantos do Brasil”. Reinaldo Casseta,
humorista e cartunista, autor de A arte de zoar e outros
Guilherme Fiuza
“Conheci boa parte do Brasil graças à parceria com a Oasys. Se existisse milhagem cultural, eu já estaria confirmado na Bienal da Lua (onde a Valéria Martins sem dúvida conheceria as pessoas certas).” Guilherme Fiuza,
escritor e jornalista, autor de Meu nome não é Johnny e outros
José Luiz Tahan
“Somos parceiros de longa data, e acima de tudo, confio em pessoas que movem a roda, dessa maneira é um conforto ter a Valéria Martins por perto. Trocamos figurinhas ano a ano para a programação do festival Tarrafa Literária, e só tenho elogios à dedicação e carinho com que ela e equipe cuidam dos autores e eventos.” José Luiz Tahan,
livreiro, editor e organizador do festival Tarrafa Literária em Santos
José Eduardo Gonçalves
“No circuito cada vez mais complexo dos eventos literários, o trabalho parceiro da Valéria e da Oasys no apoio à curadoria e agenciamento de autores nos dá a certeza de que, não importa o tamanho da encrenca, estaremos sempre ao lado de quem vai nos ajudar a fazer bem feito.” José Eduardo Gonçalves,
jornalista e curador do Ofício da Palavra em Belo Horizonte e da Festa Literária de S. João Del Rey
Daniela Ribeiro
“Destacamos o profissionalismo, a dedicação e a parceria da Oasys Cultural pelas indicações de nomes seletos de escritores nacionais e estrangeiros para a programação do nosso Festival Literário e Cultural e da nossa Feira do Livro.” Daniela Ribeiro,
coordenadora do Festival Literário e Cultural e da Feira do Livro de Caxias do Sul/RS
Guille Thomazi
“O trabalho da Oasys traz a marca da sutileza e da credibilidade na inserção de um livro ou autor no mercado. Fala baixo e se faz ouvir, sussurra e reverbera. A docilidade destas meninas é o precioso verniz da competência.” Guille Thomazi,
autor de Gado novo