Oasys Cultural
Pesquisa sem resultado

BLOG

1 2 3 4 5
Neagle arrasando na pré-venda

19 de outubro de 2015

Mulher feita de chuva e vento

Geny Vilas-Novas passou a maior parte da vida escrevendo, publicou o primeiro livro em 2006 e, quase quinze anos depois, lança dois romances inéditos de uma vez: Flores de vidro e Onde está meu coração? (7Letras) – obras que dialogam entre si e se complementam. Autora de prosa direta e intimista, às vezes poética, Geny nos carrega consigo através de seus livros em uma viagem, ora às minúcias do cotidiano, ora aos confins de Minas Gerais, com toda a riqueza de cores e sabores da terra onde nasceu e cresceu. O lançamento de Flores de vidro e Onde está meu coração? acontece no dia 22 de outubro, quinta feira, a partir das 19h, na Livraria Argumento do Leblon.

 

Você está lançando dois livros ao mesmo tempo. Por quê? Eles se complementam? 

São independentes, mas complementares. Uso os mesmos personagens.

 

Quais são os temas caros a você como escritora? 

Minas Gerais, rio Doce e Sítio de Cima, onde fui criada.

 

O fato de ter nascido em Minas Gerais influencia a sua literatura? Como? 

Sim, e muito. Minha obra não sobreviveria sem Minas Gerais. Em tudo. Nos hábitos, nos costumes, nos recatos e nas badaladas dos sinos. Se tivesse nascido na Espanha? Talvez criasse outras pontes. E quem sabe? Não seria eu.

 

O que a escrita representa na sua vida? 

O oxigênio que respiro, o meu equilíbrio. Não sei ver a vida sem a literatura.

 

Quais são seus próximos planos como escritora?

Continuar escrevendo, e trazer à luz os 11 livros que tenho na gaveta.

 

Por que as capas dos seus livros são flores?

É a minha ligação com a terra. Fui criada em uma fazenda. Não compreendo a chuva se ela não cair no telhado, e não escorrer pelo vão das telhas.