Oasys Cultural
Pesquisa sem resultado

BLOG

1 2 3 4 5
Passagem para a literatura fantástica

24 de junho de 2017

Leitura como oração

Léguas da Descoberta (Editora Jaguatirica), terceiro romance espírita de Cláudio Guilhon pelo espírito de Rita de Cássia, narra a epopéia da nau Aragosa rumo a um novo país, o Brasil. Em certo ponto da viagem, um casal de escravos africanos e uma índia se junta à tripulação, provocando uma série de incidentes que tornam a jornada ainda mais emocionante. Domingo, dia 25 de junho, acontece a primeira noite de autógrafos do livro em São paulo, às 16h, na Livraria da Vila, da Alameda Lorena. Na sequência, haverá lançamentos no Rio de Janeiro (26/6) e em Belém do Pará (28/6).

 

O que Léguas da descoberta acrescenta aos seus outros dois romances ditados por Rita de Cássia, Luzes no passado e Tramas do Vesúvio?

Léguas da Descoberta não é uma continuação, ele vem com uma mensagem de paz e amor entre as raças ditas superiores e inferiores, onde nada que traga infelicidade e submissão podem ser vitoriosos.

 

Assim como em Tramas do Vesúvio, nesse livro também temos um enredo com pessoas de várias etnias. A convivência entre diferentes raças é um assunto especialmente caro à irmã Rita?

Pode-se dizer que a tolerância é fundamental à condição humana, sem ela, diferentes raças e credos não têm como sustentar a vida na Terra, portanto, esta é a chave para a sobrevivência da raça humana.
Como é sua rotina de escritor espírita?

É facilmente conciliada com as minhas demais atividades de trabalho. Acordo, vou trabalhar, assumo compromissos durante o dia, e à noite recebo as devidas matérias para compor os livros. É muito gratificante essa atividade de escritor.

 

Você acredita que a leitura espírita também é uma forma de oração?

Sim, desde que a oração seja bem concluída com a leitura, penso que a boa leitura sempre nos eleva a um Deus de amor e caridade.

 

Como escritor, quais obras literárias ajudaram na sua formação?

Costumava ler muitas obras espiritualistas, de elevação da mente e do corpo. Sempre fui fã de escritores como Orson Wells e Elmore Leonard por trazerem outra visão do mundo em que vivemos, mas existem outros como romancistas espiritualistas restritos ao kardecismo.

 

Há outro livro inédito inspirado por irmã Rita? Pode adiantar alguma informação?

Sim, existem outras obras inéditas e posso adiantar que todas estão em um patamar de fé, lógica e no amor que Deus tem pelos seres humanos. A humanização dos povos é a razão dos escritos futuros.

 

- José Fontenele